Tag Archives: 5ºAno

Desafio Matemático ;-)

Padrão

Aqui fica mais um desafio matemático para colocarem essas cabecinhas a trabalhar a todo o vapor 😉

Bons raciocínios 😉

O Pedro estava deitado a observar o tecto do seu quarto, quando reparou que aquele era quadrado e formado por 16 quadrados de 1 metro quadrado cada um.

Quantos quadrados com dois metros quadrados de lado pode o Pedro contar ???

Desafio Matemático – O lobo, a cabra e a raposa

Padrão

Um lobo, uma cabra e uma couve têm de atravessar um rio num barco que transporta um de cada vez, incluindo o barqueiro. Como é que o barqueiro os levará para o outro lado de forma que a cabra não coma a couve e o lobo não coma a cabra?

O lobo, a cabra e a couve

Desafio Matemático – A caminho de St.Ives

Padrão

 

As I was going to St. Ives,
I met a man with seven wives;
Every wife had seven sacks,
Every sack had seven cats,
Every cat had seven kits.
Kits, cats, sacks, and wives,
How many were going to St. Ives?
A caminho de St. Ives,
Encontrei um homem com sete esposas;
Cada esposa tinha sete sacos,
Cada saco tinha sete gatos,
Cada gato tinha sete gatinhos,
Gatinhos, gatos, sacos e esposas,
Quantos iam a caminho de St. Ives?
A caminho de St. Ives

A caminho de St. Ives

Dicionário de Matemática

Padrão

Olá a todos!!!

O “Fascínio pela Matemática” tem mais uma novidade 😉

Um fascinante Dicionário de Matemática que poderás consultar sempre que tiveres alguma dúvida sobre algum conceito matemático. Para tal basta acederes à página do dicionário na barra superior das páginas.

Agora já não há desculpas 😉

Bom Trabalho…

Sistemas de Numeração

Padrão
Na Antiguidade, cada civilização desenvolveu o seu próprio sistema de numeração que tinha as suas regras e diferentes símbolos para representar números, como se pode ver no quadro seguinte:
Sistemas_De_Numeração

Sistemas de Numeração

Dos diversos sistemas de numeração apresentados, a numeração romana é aquela que ainda hoje é conhecida e usada por nós.

Os romanos usaram o alfabeto para representar números:

 
 I     II     III     IV     V     VI     VII     VIII     IX     X     L     C     D     M
 

Apesar destes numerais serem suficientes para escrever qualquer número sem confusões, acontecia haver números com um numeral muito grande (por exemplo, 5878 = MMMMMDCCCLXXVIII).

As multiplicações e divisões eram praticamente impossíveis neste sistema de numeração…

Os romanos para efectuarem os cálculos recorriam muitas vezes aos Ábacos de Fichas.

Ábaco

Ábaco

O nosso sistema de numeração actual é muito mais simples e prático 😉

Jogo do 24 :-)

Padrão

Desde muito cedo que estamos familiarizados com o Jogo do 24, cujo objectivo é obter o número 24 subtraindo, somando, dividindo ou multiplicando os quatro algarismos de cada cartão. Cada algarismo só pode ser utilizado uma vez.

No que se segue, são apresentados alguns cartões do Jogo do 24.

Deita mãos à obra e exercita o teu cálculo mental 😉

Boas operações 😉

Jogo_Do_24_1

Jogo_1

Jogo Nº1

Jogo_2

Jogo Nº2

Jogo_3

Jogo Nº3

Jogo_4

Jogo Nº4

Jogo_5

Jogo Nº5

Jogo_6

Jogo Nº6

Jogo_7

Jogo Nº7

Jogo_8

Jogo Nº8

Sólidos Platónicos

Padrão

No livro Timeu, escrito por volta do ano de 350 a.C., Platão apresenta a teoria segundo a qual os quatro “elementos” admitidos como constituentes do mundo – o Fogo, o Ar, a Água e a Terra – eram todos agregados de sólidos minúsculos. Além disso, defendia ele, uma vez que o mundo só poderia ter sido feito a partir de corpos perfeitos, que estes elementos deveriam ter a forma de sólidos geométricos regulares.

Os Cinco Sólido Geométricos Regulares

Os Cinco Sólidos Geométricos Regulares

Sendo o mais leve e o mais violento dos elementos, o Fogo deveria ser um tetaedro.

Como o mais estável dos elementos, a Terra deveria ser constituída por cubos.

Como o mais inconstante e fluido, a Água tem que ser um icosaedro, o sólido regular capaz de rolar mais facilmente.

Quanto ao ar, Platão observou que “o ar é para a água o que a água é para o ar” e conclui, de forma algo misteriosa, que o Ar deve ser o octaedro.

Finalmente, para não deixar de fora um sólido regular, atribuiu ao dodecaedro a representação da forma de todo o Universo ( O Cosmos).

Por muito excêntrica e fantástica que esta teoria possa parecer aos nossos olhos, nos séculos XVI e XVII foi levada muito a sério, mesmo que não fosse completamente aceite como verdadeira, quando Joahanes Kepler começou as suas buscas sobre a ordem matemática no mundo à sua volta. Os desenhos que se reproduzem na figura seguinte são ilustrações do próprio Kepler sobre a teoria de Platão.

Os cinco Sólidos Platónicos.

Os cinco Sólidos Platónicos.